Posts Tagged 'Nerdismo'

Piadas antroplógicas infames

Por que Lévi-Strauss atravessou a rua?
Para etnografar o outro lado.

Por que Boas atravessou a rua?
Para caçar salmão.
Variantes: 1) Para combater o racismo do outro lado; 2) Para caçar focas.

Por que Malinowski atravessou a rua?
Para trocar braceletes por colares.

Por que Leach atravessou a rua?
Para se tornar gumsa. Ou gumlao. Ou gumsa. Ou gumlao.

Por que Mary Douglas atravessou a rua?
Para entrar em contato com o outro lado e, assim, superar ritualmente o perigo que ele representava, incorporando-o ao sistema.

Por que Evans-Pritchard atravessou a rua?
Estava indo da aldeia para o acampamento.

Por que Mauss atravessou a rua?
Para retribuir a visita de Durkheim.

E por que então Durkheim tinha atravessado a rua?
Porque do lado de cá tem anomia.

Por que Barth atravessou a rua?
Para atravessar a fronteira étnica.

Por que Viveiros de Castro atravessou a rua?
Porque é lá que tem índio de verdade.

Por que Sahlins atravessou a rua?
Na verdade, ele pretendia voltar e atravessar de volta a rua, para então ser ritualmente morto pelos habitantes de cá, que não podiam tolerar o retorno do mesmo antropólogo que já tinha etnografado o local.

Por que Manuela Carneiro da Cunha atravessou a rua?
Para definir o que era etnia.

Por que Bourdieu atravessou a rua?
Por habitus.

E por que o antropólogo atravessou a rua??
Para chegar ao campo.

Mas por que a galinha atravessou a rua?
42.

**************************UPDATE**************************

Faltou dizer algumas coisinhas:

É bom dar nome aos bois. Tive ajuda da Adriana e do respectivo para as piadas. Ela inventou a de Durkheim e da Manuela, e o Marcelo inventou a do Bourdiei e a sensacional montagem lá de cima.

Aliás, contribuições são mais do que bem-vindas. Por exemplo, já adaptei a sensacional sugestão do vtYojr, e, inspirado por este, acrescentei a a da galinha.

******** UPDATE 2**************

Por que Lévi-Strauss atravessou a rua?
Porque suas fichas multidimensionais dos mitos nhambiquara não cabiam deste lado.

Como os compositores concebem Deus

Palestrina: O chefe do chefe.

Bach: Um Ser bastante imperscrutável, mas que sabemos ser ecumênico e gostar de música. A boa composição é uma forma de louvá-Lo.

Haydn: Divertido e saltitante, ocasionalmente sombrio.

Mozart: Saltitante e saltitante, ocasionalmente mais saltitante ainda, mas às vezes meio duro, frio e com voz grave.

Beethoven: Um rival à altura, embora inferior.

Brahms: Hã? Quem?

Schumann: Deus, ou a deidade, manifesta-se de muitas formas; ora, sendo a música uma forma, ainda que com conteúdo, não pode deixar de ser imprescindível reconhecer que a deidade, ou Deus, está, ou estão, na música. Na verdade, precede a música, pois, se criou a realidade e a música, inquestionavelmente, existe, Deus criou a música. Ou seja e mais ainda, Deus é a própria música. Ele nos inspira a compor; no caso de Beethoven, inspirou-o a compor as mais belas e majestosas obras que a humanidade já criou. (Etc., etc., etc., etc., etc.)

Wagner: Eu mesmo!

Schönberg: Eu mesmo!

Strauss: Deve ser o amigo invisível daquele chato do Hoffmansthal.

Vaughan Williams: O cara que inspirou muita gente a escrever uns textos legais de pôr em música.

Shostakovich: O desgraçado responsável por manter Stálin vivo.

Pärt: plom…. plöm… plöm…. plam, plim; plim… plom; plam; plom; plum…

 

(Obs.: Ganha um café quem sacar primeiro a referência a Arvo Pärt.)

Sexta-feira lúdica: Música erudita e joguinhos nerds

Eu e minha namorada conversávamos sobre qual jogo tinha Bach como trilha sonora. Como nenhum lembrava, começamos a fazer brincadeiras a respeito desse misterioso jogo: eu comecei com Age of Bachs e ela respondeu com o genial Clavichord Hero. Isso me deu a idéia de levar essas brincadeiras às últimas conseqüências, e montamos 12 trocadilhos bobos misturando música erudita e joguinhos, a maioria de computador.

A lista está maaais ou meeenos organizada em ordem crescente de dificuldade.

1 ) Clavichord Hero
2 ) Star Wars: The Empire Strikes Bach
3 ) Super Mario Brahms
4 ) Age of Bachs
5 ) The Settlers of Chopin
6 ) Wagnercraft: The Frozen Ring
7 ) ShostaCity 3000
8 ) Civilisztation
9 ) Diabloch, Mefistofele e Bachaal
10 ) The Legend of Mahler
11 ) Wolfensteins Classic 124
12 ) PokeMonn

Divirtam-se tentando (e não conseguindo, BWAHAHAHAHA) identificar todas as referências e relações.  😀

 Prêmio especial para o primeiro que sacar a relação (e não as referências, que são bastante óbvias) do trocadilho 10: uma exclusiva coxinha do boteco da esquina!

************** UPDATE **************

Precisei corrigir o nº 12, pois do jeito que estava, nem eu conseguiria adivinhar.

************** UPDATE 2**************

Aqui vão as soluções. Quem quiser, pode comentar o que achou; só lhes peço não entregarem o conteúdo do arquivo, por gentileza.


Últimas piadas

Calendário gregoriano

August 2017
M T W T F S S
« Mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Almas perdidas

  • 9,926 almas