Uma lágrima

Dick Winters morreu!

Ele foi um dos líderes dos heróis que resistiram a condições desumanas no Cerco de Bastogne, no âmbito da Batalha do Bulbo: em pleno inverno norte-europeu, cercados por tropas nazistas superiores em número e equipamento e sem nem roupa de frio. Seguraram a linha bravamente até que Mad Patton os resgatasse de lá.

Mantenhamos sua memória!

Advertisements

5 Responses to “Uma lágrima”


  1. 1 jccmeirelles January 11, 2011 at 21:44

    Péssima notícia.

    A saga Band of Brothers é marcante justamente pq pela coragem de homens com Winters e de seus comandados, simples cidadãos capazes de juntos realizar o improvável. De arrepiar.

    • 2 hwbach January 12, 2011 at 10:01

      Nossa, você por aqui! Voltou de férias? 🙂

      Eu adorei a série, embora já conhecesse por cima a medonha história desse cerco.
      Minhas únicas ressalvas são:
      1) o retrato injustamente forçado de Henri Sobel. Ele tinha a missão de transformar moleques em para-quedistas de elite. O treinamento não podia ser fácil mesmo. Assim, por mais duro que tenha sido o treinamento, duvido de que ele tenha feito crueldades aleatórias como encher os soldados de espaguete só para fazê-los vomitar.
      2) O episódio em que Winters e 20 homens vencem um pelotão de 200 alemães foi o único dirigido por Tom Hanks, e é claramente o mais mal feito. E tive essa impressão antes mesmo de saber que era direção do Hanks! A mistura de flashbacks com tempo atual pode até ser boa, só que foi pessimamente implementada e acabou deixando o episódio desnecessariamente confuso.

      Aaaaargh, continuo escrevendo demais!!

  2. 3 jccmeirelles January 13, 2011 at 11:34

    Ainda não voltei de férias do blog, se é sobre isso que vc fala, mas estou pensando em fazer.

    Quanto ao Sobel, realmente pintaram ele como um demente, ainda mais com a escolha do ator para interpretá-lo, o David Schwimmer, pois é impossível dissociá-lo do Ross.

    Quanto à cena, não me lembro de exatamente qual foi, mas imagino que tenha sido a do início das batalhas, ainda na Normandia?

    • 4 hwbach January 13, 2011 at 12:14

      1) Sim, era disso que eu estava falando. Mas eu entendo; blogar dá um trabalho do cão, vicia e não rende 1 centavo.
      2) É, o Ross comandando a Easy realmente não funcionou. Ou, se eles queriam mesmo pintar o Sobel como demente, funcionou bem demais.
      3) Não; é mais para frente, lá no 5º episódio, “Crossroads”, depois que eles levam pau na Holanda. Começa com o Winters matando um soldado molecão, e ele vai lembrando disso ao longo da série. Faz tempo que assisti; lembro que ele estava com um grupo pequeno que acabou cercado por uma tropa bem superior. Uma cena marcante foi quando ele nota que o soldado encarregado dos prisioneiros está meio doidão, então, para garantir que o sujeito não vai fazer besteira, dá-lhe um rifle com uma única bala para guardá-los.
      4) Ah, sim: tanto os soldados eram “simples cidadãos” que a maioria se ocupou de empregos “humildes”: um virou carteiro; outro, “handy man”; mais um, mecânico etc. Acho que só o Lipton fez dinheiro mesmo, via ascensão profissional numa empresa.

  3. 5 jccmeirelles January 13, 2011 at 12:33

    Pensei nessa cena tb, mas não tinha certeza. Vou rever.

    Quanto a ser algo na vida, um deles virou promotor e acusou o homicida do Bod Kennedy, o Lynn Compton.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




Últimas piadas

Calendário gregoriano

January 2011
M T W T F S S
« Dec   Feb »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Almas perdidas

  • 9,926 almas

%d bloggers like this: