O chauvinismo de Sete Lagoas não morreu

Eu ia deixar para escrever só neste sábado, oportunidade em que eu 1) iniciaria uma discussãozinha sobre a autonomia do Bacen (o Alon parece que vai entrar nessa roubada!), 2) iniciaria finalizaria o último post da série sobre consciência política e 3) terminaria de rabiscar sobre o aviso de Fidel no sentido de não dar trela a Ahmadinejad.

Só que isto aqui me deixou muito chocado. Este show de horrores, então, mais ainda. Desse modo, preliminarmente, 1) agradeço à Cynthia por ter trazido isso à tona e 2) registro meu protesto a esse machismo tosco e vândalo, e 3) exorto os 0,2 leitores deste blog que não deixem de colocar o assunto nas conversas do dia. O que eu mais admirava no Hermenauta era como ele não tinha pruridos em desmontar os argumentos toscos do Reinaldo Azevedo e do ódio infundado que este representa.

E tá certo. Temos de discutir até mesmo machismos idiotas como “as mulheres usam a fragilidade para se proteger”. Às vezes, dá mesmo uma sensação de “porra, isso é tão obviamente errado que nem sei por onde começo a desmontar”. Nessas horas, comece de qualquer jeito. Mas comece. E não estou falando de “nossa, como assim esse cara não entende a óbvia virada hermenêutica de Heidegger?” Estou falando de desmontar excrescências como “machismo é um direito adquirido”.

Ainda vou escrever bastante sobre isso, procurando atacar cada “argumento” daquele show de horrores. Mas, desde já, Tracy Chapman neles:

Advertisements

2 Responses to “O chauvinismo de Sete Lagoas não morreu”


  1. 1 relances December 2, 2010 at 20:21

    Altamente bizarro. Chego até a pensar que trata-se de uma trollagem combinada, tal a capacidade “jurídica” dos manifestantes.

    • 2 hwbach December 2, 2010 at 22:20

      Hehehehehehe, “trollagem combinada” foi ótima!
      Infelizmente, é provável que seja assim que eles pensam mesmo. Falo por experiência própria: Incrivelmente, muitos “juristas” pensam, sim, de maneira tão tacanha quanto “oh céus, violaram-lhe a livre convicção”. Até na melhor faculdade da galáxia (hmph) era assim.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




Últimas piadas

Calendário gregoriano

December 2010
M T W T F S S
« Nov   Jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Almas perdidas

  • 9,976 almas

%d bloggers like this: