A frase de Meirelles e a autonomia do Bacen

Semana retrasada, Henrique Meirelles, presidente do Bacen, fez uma afirmação esquisita. Disse que só ficaria na presidência se tivesse “autonomia total“. Essa frase é esquisita porque não existe “autonomia total”. Nenhum órgão tem autonomia total no nosso sistema jurídico porque adotamos o sistema de freios e contrapesos.

Acontece que Meirelles já sabia que não ia ficar lá desde o começo do ano. Isso porque ele nunca foi próximo de Dilma, e, quando ainda pairava dúvida sobre se ele ia se candidatar a vice-presidência, uma matéria do Globo apurou que ele fez uma espécie de “terrorismo econômico”: saiu espalhando o tal de “risco Coutinho”, isto é, o risco de, quando de sua saída, Luciano Coutinho, presidente do BNDES, assumir o Bacen. Isso porque Coutinho é heterodoxo – ooooh. Desculpem-me, mas não consegui localizar essa matéria, então fico devendo a fonte.

Desde essa época, segundo um painel da Folha (eu devia ter guardado a edição, agora já deve ter virado papel reciclado), Tombini já vinha sendo cotado para a presidência. Mais para frente, houve rumores (noticiados pelos jornais em seções estilo painel) de que Meirelles já estava treinando Tombini. Dito e feito: Dilma ganhou, Tombini subiu.

Assim, a estranha frase de Meirelles parece-me mais uma tentativa de criar um fato político. Dar a idéia de que ele só está saindo porque a malvada da Dilma é uma ditadora totalitária que não ia lhe dar autonomia. Por outro lado, conhecendo o Estadão, talvez é isso que este jornal queira que pensemos.

No entanto, o próprio Tombini, infelizmente, repetiu a mesma horrorosa expressão – vejam a capa da IstoÉ Dinheiro desta semana: “Terei autonomia total“.

Dado que o atual e o futuro presidentes, com essas frases, estão espalhando desinformação, proponho um pequeno debate sobre o que vem a ser a autonomia do Bacen. Convido o Arthur e o Celso e o Alon para serem meus interlocutores. Taquei o post sem a resposta destes últimos mesmo porque eu já estava atrasadíssimo com o Arthur. Mas vou usar alguns argumentos do Alon e do Celso com ou sem eles, pois eles já se posicionaram esparsamente em seus blogs e trouxeram ótimas idéias. Aguardem cenas do próximo capítulo.

Advertisements

0 Responses to “A frase de Meirelles e a autonomia do Bacen”



  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




Últimas piadas

Calendário gregoriano

December 2010
M T W T F S S
« Nov   Jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Almas perdidas

  • 9,926 almas

%d bloggers like this: